Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Petrobras é a maior em vendas da América Latina

Empresa mantém liderança em lista que engloba 776 companhias de capital aberto. Vale vende menos e cai para a terceira colocação

iG São Paulo |

A brasileira Petrobras continua sendo a maior companhia de capital aberto da América Latina em volume de vendas. No ano passado, segundo levantamento da Economatica, a empresa vendeu quase US$ 105 bilhões, um aumento de 14% sobre o ano anterior. O valor também corresponde a 21,5% das vendas acumuladas pelas 30 maiores da lista em 2009.

Para se ter uma ideia, a segunda colocada, a mexicana America Movil, registrou vendas de US$ 30,2 bilhões, ou um terço das vendas da estatal de petróleo. A empresa de telefonia desbancou a mineradora brasileira Vale, que deixou seu posto de segunda colocada em 2008 para ocupar a terceira posição no ano passado. A mineradora teve vendas de US$ 27,8 bilhões, uma queda de 7,7%.

Valter Ribeiro
Petrobras mantém liderança em vendas na América Latina
Para o ranking, a Economatica computou números de 776 empresas. As 30 maiores acumulam US$ 488,7 bilhões em volume de vendas no ano passado, uma alta de 14,6%. A quantidade de representantes por país na lista de maiores não mudou. São 14 brasileiras, nove mexicanas, quatro chilenas, duas argentinas e uma colombiana.

Brasileiras são maioria

As 14 empresas brasileiras venderam US$ 291 bilhões no ano passado, e representam nada menos que 60% de toda a lista. Em seguida estão as mexicanas, com vendas de US$ 123 bilhões e fatia de 25% na lista. As chilenas venderam cerca de US$ 40 bilhões, e representam 8,1% das 30 maiores latinas.

Entre as dez maiores ainda estão as brasileiras Gerdau (5º lugar, com US$ 17,9 bilhões), JBS Friboi (8º lugar, com US$ 12,9 bilhões) e Eletrobrás (9º lugar, com US$ 12,8 bilhões). As demais representantes brasileiras do levantamento são: Ultrapar, AmBev, Oi, Pão de Açúcar, Braskem, Telesp, Usiminas, Vivo e Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

Para o ranking foram utilizados dados publicados pelas empresas nos órgãos reguladores de cada pais (Comissão de Valores Mobiliários no caso do Brasil). Os números foram convertidos pelo dólar do dia 31 de dezembro de 2009 ou 2008.
 

Leia tudo sobre: capital abertoPetrobrasValevendas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG