Tamanho do texto

A BM&FBovespa apurou no primeiro trimestre do ano um volume de R$ 9,1 bilhões em ofertas de ações no segmento Bovespa

A BM&FBovespa apurou no primeiro trimestre do ano um volume de R$ 9,1 bilhões em ofertas de ações no segmento Bovespa. Foram oito ofertas desde o início do ano até esta segunda-feira, das quais cinco aberturas de capital ("IPO", na sigla em inglês) e três subsequentes (ou "follow-on"). Ainda há 11 ofertas sendo discutidas, das quais sete IPOs e quatro follow-ons, de acordo com comunicado da bolsa, divulgado na noite de ontem.

A média diária de negociação no mês de março em renda variável foi de R$ 6,466 bilhões, o que representa uma queda de 1,4% em relação ao mês anterior. Já no trimestre, a média diária ficou em R$ 6,598 bilhões, alta de 68,8% na comparação com o primeiro trimestre de 2009, quando era R$ 3,908 bilhões; e queda de 3,6% ante o quarto trimestre de 2009, em que a média diária era de R$ 6,841 bilhões.

No segmento BM&F, a média diária de contratos negociados (ADTV) em março de 2010 nos mercados de derivativos somou 3,1 milhões de contratos, maior 42,7% ante fevereiro, e no trimestre a média diária ficou em 2,4 milhões de contratos, alta de 57% ante o 4º trimestre de 2009 e de 67% sobre o 1ºtrimestre de 2009. A receita por contrato no mês de março caiu 26,5% com relação ao mês anterior e 15% no 1º trimestre de 2010 contra o 4º trimestre de 2009, além de retração ante o 1º trimestre de 2009 de 16%, principalmente devido à maior participação de contratos de curto prazo no volume total.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.