O lucro líquido do banco no período foi de US$ 3,29 bilhões, contra US$ 1,66 bilhão de dólares em 2009

O Goldman Sachs afirmou nesta terça-feira que seu lucro no primeiro trimestre praticamente dobrou, ficando acima das expectativas do mercado, impulsionado por ganhos em operações de renda fixa.

O lucro líquido do banco ficou em US$ 3,29 bilhões, ou US$ 5,59 por ação, contra US$ 1,66 bilhão de dólares, ou US$ 3,39 por ação, um ano antes.

Analistas esperavam em média um lucro de US$ 4,01 por ação, segundo a Thompson Reuters I/B/E/S.

Os resultados chegam quatro dias depois do banco nova-iorquino ter sido acusado de fraude pela Securities and Exchange norte-americana sobre a estruturação e venda de títulos atrelados a hipotecas de alto risco (subprime).

O Goldman ressurgiu como o banco mais influente de Wall Street depois da crise financeira, mas enfrentou retrocessos sobre seus pagamentos e práticas corporativas.

As ações do Goldman subiram 1,63% na segunda-feira, para US$ 163,32. Na sexta-feira, as ações caíram mais de 12% após as acusações da SEC.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.