Tamanho do texto

Banco foi beneficiado por um melhor resultado com operações de varejo e pela redução nas provisões com perdas

selo

O BNP Paribas, maior banco francês em termos de capitalização de mercado, informou hoje que seu lucro do segundo trimestre cresceu 31% em relação a igual período do ano passado, para 2,1 bilhões de euros.O resultado ficou acima das estimativas dos analistas, que esperavam lucro líquido de 1,63 bilhão de euros.

Em relação ao primeiro trimestre, no entanto, o lucro do banco caiu 7,8%. A receita durante o segundo trimestre subiu 11,8% ante igual período de 2009, para 11,17 bilhões de euros. O BNP Paribas foi beneficiado por um melhor resultado com operações de varejo e pela redução nas provisões com perdas. Já a taxa de capital Tier 1 - uma medida de solidez financeira dos bancos - subiu para 10,6% no fim de junho, ante 10,5% no fim de março.

Assim como o Société Générale e o Crédit Agricole, o BNP Paribas passou recentemente nos testes de estresse aplicados pela União Europeia sobre os bancos do bloco. A instituição não divulgou projeções, mas o executivo-chefe Baudouin Prot demonstrou confiança em relação ao terceiro trimestre, durante entrevista concedida à rede de notícias CNBC.

"Acho que os receios dos investidores com a zona do euro foram um fator importante por trás da volatilidade dos mercados de ações e de bônus no segundo trimestre", afirmou.

Ele disse que a publicação dos testes de estresse aplicados sobre os bancos europeus diminuiu parte dessas preocupações. "Posso ver que isso realmente está melhorando e esperamos que isso nos ajude a ter um terceiro trimestre melhor em termos de ambiente de mercado em comparação ao segundo trimestre", disse Prot. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.