Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Itaú lucra R$ 3,158 bilhões no trimestre, 17,5% acima de 2009

No ano, instituição acumula lucro recorrente de R$ 9,6 bilhões, com um aumento de 25% sobre o resultado de nove meses de 2009

Nelson Rocco, iG São Paulo |

O banco Itaú Unibanco fechou o terceiro trimestre com lucro líquido recorrente de R$ 3,158 bilhões, com crescimento de 17,5% sobre os R$ 2,687 bilhões dos mesmos meses de 2009. No acumulado do ano, o lucro recorrente da instituição chegou a R$ 9,6 bilhões, com um salto de 25,36% sobre os R$ 7,677 bilhões apurados de janeiro a setembro do ano passado. Apenas como comparação, o lucro recorrente do banco Bradesco foi de R$ 2,5 bilhões no terceiro trimestre deste ano.

Segundo Rogério Calderon, diretor de relações com investidores do Itaú Unibanco, a rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio foi de 22,5%, um pouco menor que os 23,8% do mesmo período de 2009. Os ativos totais do banco chegaram a R$ 686,2 bilhões, com crescimento de 12% sobre o final de setembro do ano passado.

No trimestre, Calderon afirma que o resultado do banco foi impactado pelas despesas de migração das agências Unibanco para Itaú. “Não fosse a migração, teríamos algo em torno de R$ 3,4 bilhões de lucro líquido, com retorno anualizado de 24,5%”, afirmou ele em teleconferência com jornalistas. “As despesas com migração foram de R$ 406 milhões no trimestre, mas também há efeitos de Imposto de Renda”, afirma para justificar a diferença. No segundo trimestre, as despesas nesse item foram de R$ 235 milhões.

Segundo o executivo, o valor de mercado do banco com base na cotação de suas ações em Bolsa no final do trimestre era de R$ 182,2 bilhões, o que o classifica como o décimo maior banco do mundo e o “maior do Hemisfério Sul”.


 

Leia tudo sobre: Itaú UnibancolucroBradesco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG