Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Itaú concluiu no domingo integração com rede Unibanco

Comunicado do banco afirma que valor de mercado da instituição subiu 79% desde o anúncio da fusão, em 3 de novembro de 2008

iG São Paulo |

O Itaú Unibanco concluiu no domingo a integração de sua base de clientes com a migração de 1.200 pontos de atendimento Unibanco para Itaú, pouco antes de completarem-se dois anos do anúncio da fusão das duas instituições financeiras. São quase 5 mil pontos em todo o País. Segundo comunicado do banco, o trabalho foi realizado em seis meses, com cerca de 500 obras simultâneas a cada mês.

De acordo com informações do banco, os trabalhos de TI consumiram 3 milhões de horas de desenvolvimento de sistemas. “Os centros de processamentos de dados foram integrados e modernizados. Hoje, têm capacidade de processamento 65% maior”, informa o texto.

O valor de mercado do banco subiu 79% desde o anúncio da fusão, passando de R$ 108 bilhões ao final de dezembro de 2008 para R$ 193,3 bilhões em 18 de outubro, “o que o mantém como décimo maior banco do mundo”. No mesmo período, a ação do Itaú Unibanco em Bolsa (ITUB4) valorizou-se em 100,9%, contra 89% do Ibovespa, o índice que mede a variação das ações mais negociadas na praça paulista.

“Tenho muito orgulho de completar a integração das agências nesse período. Essa conquista é resultado do esforço de cada um dos nossos 106 mil colaboradores, que contribuíram para que essa grande operação fosse concluída em tempo recorde. E quem se beneficia são os nossos mais de 40 milhões de clientes, que ganham uma rede totalmente integrada e com forte capilaridade”, disse Roberto Setubal, presidente do Itaú Unibanco, no comunicado distribuído pelo banco.

A fusão entre as duas instituições foi anunciada em 3 de novembro de 2008. “Em janeiro do ano seguinte, a integração começou com os caixas eletrônicos, que passaram a se comunicar e oferecer operações aos clientes dos dois bancos. Logo em seguida, as tarifas foram unificadas pelo menor valor e em março de 2009 foi decidido um cronograma para início das migrações. A partir daí, inúmeras áreas do banco foram envolvidas para garantir que os correntistas do Unibanco pudessem realizar todas as suas operações usuais normalmente em meio ao processo de migração.”

A partir desse plano, o ritmo da migração aumentou. Ao longo desse período, foram migradas agências em 25 Estados mais o Distrito Federal e as equipes do banco trabalharam em mais de 300 cidades pelo Brasil. “Em toda essa operação mobilizamos mais de 650 fornecedores e, com isso, contribuímos também para o desenvolvimento do País por meio da geração de empregos diretos e indiretos. Foram 150 construtoras, mais de 1,6 mil pessoas envolvidas somente em logística e transporte”, afirma no comunicado Geraldo Carbone, vice-presidente.

 

Leia tudo sobre: Itaú UnibancofusãointegraçãoSetubal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG