Tamanho do texto

ING tem forte lucro no 2o trimestre por negócios bancários

Por Ben Berkowitz

AMSTERDÃ (Reuters) - O grupo holandês ING apresentou lucro para o segundo trimestre no topo das estimativas por força no banco de varejo e disse que ainda procura realizar uma oferta inicial de ações (IPO, em inglês) para sua unidade de seguros.

O ING disse nesta quarta-feira que os maiores volumes, margens e melhores controles de custo impulsionaram seu desempenho no último trimestre.

Mesmo com a queda do desempenho na área de banco de investimentos, por conta da volatilidade do mercado, o grupo apresentou um lucro líquido de 1,09 bilhão de euros (1,43 bilhão de dólares), muito acima da maior parte das previsões de analistas obtidas pela Reuters, que apontava, em média, para lucro de 709 milhões de euros.

"O lucro do segundo trimestre foi significativamente melhor que o esperado, notadamente os negócios bancários", afirmou o analista Dirk Peeters, do KBC Securities, em relatório.

O presidente-executivo do ING, Jan Hommem, disse que o grupo ainda dá preferência à realização de um ou dois IPOs como forma de cindir suas operações, mas que há potenciais compradores interessados nos negócios.

Em 2009, o ING registrou um prejuízo de 71 milhões de euros. No primeiro trimestre deste ano, a instituição lucrou 1,33 bilhão de euros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.