Madri, 16 jul (EFE).- A recuperação da confiança dos investimentores na Espanha levou o índice de risco do país, medido pelo diferencial entre os bônus espanhóis a 10 anos e os bônus da Alemanha, despencou hoje para 185,4 pontos básicos, o menor nível em quase um mês.

Madri, 16 jul (EFE).- A recuperação da confiança dos investimentores na Espanha levou o índice de risco do país, medido pelo diferencial entre os bônus espanhóis a 10 anos e os bônus da Alemanha, despencou hoje para 185,4 pontos básicos, o menor nível em quase um mês. Essa queda se deveu à forte queda da rentabilidade da dívida espanhola, que caiu para 4,445%, contra 4,618% do dia anterior. A baixa do diferencial, que chegou a se situar no mínimo de 176,5 pontos em alguns momentos do pregão, se viu influenciada pela evolução da baixa que também registrou a rentabilidade da dívida alemã, que caiu para 2,591%, contra 2,651% de ontem. "A baixa é espetacular e se deve à recuperação da confiança na Espanha, não só pela boa ajuda que teve na quinta-feira a emissão do Tesouro, mas também pelos rumores dos bons resultados que terão os teste de resistência no caso dos bancos espanhóis", assinalou um operador do mercado consultado pela Agência Efe. De qualquer maneira, o operador advertiu que a queda do diferencial e da rentabilidade foi possível em um mercado volátil, no qual se negociou pouco em comparação com outros dias. EFE ecm/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.