SÃO PAULO - Em alta desde a abertura dos negócios, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) busca uma recuperação nesta jornada, após perder força nos últimos seis pregões. O bom humor dos investidores é amparado em dados mais favoráveis da economia americana, entre os quais o crescimento a uma taxa anualizada de 1,6% no segundo trimestre do ano, num resultado mais forte que o previsto. Além disso, depois da onda crescente de preocupação com o país nesta semana, tendo em vista os indicadores divulgados, o presidente do Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, Ben Bernanke, deu novos sinais de que a instituição está pronta para agir, se for necessário. Segundo ele, o Fed vai considerar fazer uma outra grande compra de títulos se a economia se deteriorar significativamente. Além disso, Bernanke ressaltou que, apesar da recente desaceleração dos EUA, é razoável esperar algum ímpeto no crescimento em 2011 e nos anos seguintes.

SÃO PAULO - Em alta desde a abertura dos negócios, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) busca uma recuperação nesta jornada, após perder força nos últimos seis pregões. O bom humor dos investidores é amparado em dados mais favoráveis da economia americana, entre os quais o crescimento a uma taxa anualizada de 1,6% no segundo trimestre do ano, num resultado mais forte que o previsto. Além disso, depois da onda crescente de preocupação com o país nesta semana, tendo em vista os indicadores divulgados, o presidente do Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, Ben Bernanke, deu novos sinais de que a instituição está pronta para agir, se for necessário. Segundo ele, o Fed vai considerar fazer uma outra grande compra de títulos se a economia se deteriorar significativamente. Além disso, Bernanke ressaltou que, apesar da recente desaceleração dos EUA, é razoável esperar algum ímpeto no crescimento em 2011 e nos anos seguintes. Neste ambiente mais favorável, o Ibovespa subia 1,93% por volta das 14h30, aos 65.099 pontos. O giro financeiro negociado estava em R$ 3 bilhões. Em Wall Street, no mesmo horário, enquanto o índice Dow Jones tinha valorização de 1,21%, o Nasdaq se apreciava em 1,11% e o S & P 500 apurava alta de 1,18%. De volta ao mercado local, minutos atrás, os papéis PNA da Vale subiam 1,81%, a R$ 41,44, enquanto as ações PN da Petrobras avançavam 1,82%, a R$ 26,17. As maiores valorizações do Ibovespa partiam dos papéis Brasil Ecodiesel ON (4,59%, a R$ 0,91), Gol PN (4,35%, a R$ 22,30) e Cielo ON (4,16%, a R$ 15,27). No sentido oposto, entre as poucas baixas do índice, destaque para as ações Banco do Brasil ON (-0,81%, a R$ 27,97), Cosan ON (-1,57%, a R$ 22,44) e MMX ON (-2,17%, a R$ 12,57). Fora do Ibovespa, destaque para o aumento de 4,85% dos papéis ON da Lupatech, a R$ 20,29. A empresa assinou contrato com a Petrobras para fornecimento de cabos de ancoragem de plataformas. O contrato, no valor de R$ 68,8 milhões, terá duração de três anos, renovável por igual período. No mercado cambial, a moeda americana continua a perder força para a divisa brasileira. Há pouco, o dólar comercial recuava 0,45%, para R$ 1,754 na venda. (Beatriz Cutait | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.