No fim do processo de capitalização, ações da estatal caem na Bolsa de Valores de São Paulo

O fim do processo de capitalização da Petrobras está impulsionando o movimento financeiro da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) no pregão de fechamento desta semana. Por volta das 13h15, o Ibovespa avançava 0,23%, para 68.953 pontos. O giro estava em torno de R$ 5 bilhões.

Os papéis da Petrobras apresentam volatilidade nesta jornada. Há pouco, enquanto as ações PN caíam 0,49%, para R$ 26,67, os papéis ON recuavam 0,56%, a R$ 30,08. Em Nova York, os recibos de ações (ADRs) ordinários caíam 0,42%, para US$ 35,44, enquanto os preferenciais declinavam 1,08%, para US$ 31,14.

Ontem, foram definidos os preços finais dos ativos na oferta pública da estatal. As ações ordinárias (ON) foram precificadas em R$ 29,65 e as preferenciais (PN) em R$ 26,30, valor próximo ao teto das expectativas do mercado, que girava em torno de R$ 26,50.

Na oferta internacional, o preço de emissão das American Depositary Shares (ADS) foi fixado em US$ 34,49 por ADS representativo de ação ordinária e em US$ 30,59 por ADS de ação preferencial. Um operador de uma corretora afirmou que a maior parte dos investidores da instituição que se interessaram pela oferta não estabeleceram um preço de corte.

Entre os que fixaram um valor, entretanto, metade trabalhava com um preço abaixo do definido pela Petrobras na oferta. A Petrobras poderá captar R$ 120,36 bilhões (US$ 70 bilhões) na oferta. Ao contrário do esperado pelo mercado, entretanto, a empresa não vendeu integralmente o lote adicional, de 20% do valor da oferta. O lote teria ficado em 8,57% da oferta.

Os pedidos de reserva de ações no caso dos investidores de varejo e dos fundos FIA Petrobras foram atendidos parcialmente, sendo rateados em 45,77% da quantidade solicitada. De acordo a BM&FBovespa, os funcionários da estatal, que tinham preferência na subscrição dos papéis, foram integralmente atendidos. Já os atuais acionistas foram atendidos em seu limite de direito ou na quantidade reservada, o que for menor. As instituições vinculadas à oferta foram incluídas na operação.

Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a capitalização da Petrobras permitiu ao governo elevar sua participação na empresa de 40% para 48%. Hoje, começaram a ser negociados os recibos de ações (ADRs) na Bolsa de Nova York. Os investidores locais que tomaram parte na oferta terão de esperar até segunda-feira para transacionar seus papéis.

Embora o dia seja da Petrobras, a Vale não ficou "por baixo". A empresa anunciou três notícias relevantes na noite de ontem. A mineradora informou que será listada na bolsa de Hong Kong e aprovou o pagamento da segunda parcela da remuneração mínima ao acionista, no valor total bruto de US$ 1,25 bilhão, e de remuneração adicional no valor bruto de US$ 500 milhões, totalizando US$ 1,750 bilhão.

Por fim, ainda foi aprovada a recompra de até US$ 2 bilhões em ações preferenciais e ordinárias da Vale, para permanência em tesouraria e posterior alienação ou cancelamento. "A Vale deu um sinal para os investidores não fazerem caixa com seus papéis. Com as boas notícias, o mercado está retomando posições e fortalecendo a Bovespa", apontou um operador de mercado.

Minutos atrás, entre as maiores altas do Ibovespa, as ações PNA da Vale subiam 2,80%, a R$ 44,65, com giro de R$ 595,4 milhões, enquanto os papéis ON se apreciavam em 2,95%, a R$ 50,59, com volume negociado de R$ 125,5 milhões.

Além das notícias publicadas, o desempenho favorável das commodities nesta jornada contribui para a alta dos papéis da mineradora. Também estavam entre os destaques positivos do Ibovespa neste pregão os papéis PN da Bradespar (2,63%, a R$ 40,12), ON da Fibria (2,40%, a R$ 29,40) e ON da Brookfield (2,38%, a R$ 9,44).

Na ponta oposta, destaque negativo para as ações Gerdau PN (-2,57%, a R$ 23,10), Light ON (-2,84%, a R$ 21,54) e BM&FBovespa ON (-2,88%, a R$ 14,47), que se destacou entre as maiores altas nos últimos pregões. A Gerdau fechou uma emissão de US$ 1,250 bilhão em bônus de 10 anos por meio de sua subsidiária Gerdau Trade Inc.

Os papéis foram precificados com cupom de 5,75% ao ano, com pagamento semestral. Em Wall Street, as bolsas seguem no campo positivo. Há pouco, enquanto o índice Dow Jones tinha valorização de 1,64%, o S&P 500 subia 1,87% e o Nasdaq avançava 1,91%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.