Tamanho do texto

Desafio hoje para o mercado é se firmar na casa dos 70 mil pontos

Antes mesmo da divulgação dos indicadores americanos do dia, o mercado acionário brasileiro inverteu a direção nos negócios e o Ibovespa passou a registrar alta, ainda que com uma variação pouco expressiva. Ao redor de 11h, o Ibovespa subia 0,10% e, às 11h39, subia 0,19%, aos 70.365 pontos, e girava R$ 1,680 bilhão.

Esta é a terceira alta seguida do índice. Na sexta-feira passada, o Ibovespa subiu 1,15%, aos 70.229 pontos, na maior pontuação desde 15 de abril (70.524).

Em Wall Street, as bolsas iniciaram as operações com pequenas oscilações. Há instantes, o índice Dow Jones operava estável, enquanto o S&P 500 caía 0,17% e o Nasdaq declinava 0,39%. Os agentes etsão à espera dos dados de encomendas às indústrias dos Estados Unidos e de venda de imóveis pendentes, relativos a agosto.

Na Europa, a agência oficial de estatísticas Eurostat revelou hoje cedo que os preços ao produtor na zona do euro ficaram praticamente estáveis em agosto. O Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) avançou 0,1%, na comparação com o mês anterior. Em julho, o indicador da região tinha registrado alta de 0,2%. Na comparação com agosto do ano passado, o PPI teve um aumento de 3,6% nos 15 países de moeda comum.

No âmbito corporativo brasileiro, apesar da alta do Ibovespa, as ações da Vale estão entre as maiores baixas do dia. Instantes atrás, os papéis PNA cediam 0,83%, a R$ 46,36, enquanto as ações ON recuavam 0,98%, a R$ 52,28.

A Vale firmou hoje um acordo com a agência oficial de crédito à exportação do Canadá, a Export Development Canada (EDC), para uma linha de financiamento de longo prazo no valor de até US$ 1 bilhão. O montante será destinado à infraestrutura de novos projetos voltados à exportação, e para futuras oportunidades de negócios da companhia no país estrangeiro.

Também entre as principais quedas do índice estavam TAM PN (-0,99%, a  R$ 38,80) e Bradespar PN (-1,28%, a R$ 40,85). No sentido oposto, as maiores altas do Ibovespa partiam de Copel PNB (2,45%, a R$ 38,02), das units da ALL (2,02%, a R$ 18,10) e dos papéis Eletrobrás PNB (1,77%, a R$ 25,85).

Também no azul, as ações PN da Petrobras avançavam 0,65%, a R$ 27,68. A estatal confirmou na sexta-feira a colocação integral do lote suplementar em sua megaoferta de ações, o que elevou a captação da empresa em R$ 5,196 bilhões, para R$ 120,248 bilhões.

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.