Bolsa brasileira segue Europa e sobe. Dólar tem ganho de 0,17%

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) voltou a acentuar os ganhos no pregão desta quarta-feira, novamente descolada dos Estados Unidos, mas seguindo as praças europeias. Por volta das 14h45, o Ibovespa subia 0,66%, aos 64.888 pontos, e girava R$ 3,335 bilhões.

Já em Wall Street, minutos atrás, o índice Dow Jones operava estável, enquanto o Nasdaq recuava 0,17% e o S & P 500 apurava queda de 0,10%. Os investidores estão de olho no discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, que fala nesta tarde no Senado do país.

No mercado acionário brasileiro, pelo terceiro pregão seguido, as ações de maior peso sobre o Ibovespa sustentam sua valorização. Destaque do dia, há pouco, os papéis Usiminas ON subiam 3,61%, a R$ 53,86, enquanto as ações PNA se apreciavam em 3,22%, a R$ 52,11.

Ontem à noite, a empresa anunciou um reajuste entre 3,5% e 6% no preço de seus produtos a partir de 1º de agosto. Segundo a siderúrgica, a medida visa a "compensar parcialmente" o novo aumento no preço dos principais insumos produtivos. Entre as "blue chips", Vale PNA avançava 1,44%, para R$ 41,49, enquanto Petrobras PN tinha ganhos de 0,10%, a R$ 27,68.

Dólar

O Dólar subia 0,17%, cotado em R$ 1,7752 para compra e a R$ 1,7746 para venda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.