Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Ibovespa avança para 66.716 pontos; dólar cai para R$ 1,756

SÃO PAULO - Depois da virada das bolsas americanas para o campo positivo, o Ibovespa acentuou os ganhos na jornada desta segunda-feira. Por volta das 14h10, o principal índice do mercado acionário brasileiro registrava alta de 0,68%, aos 66.

Valor Online |

716 pontos. O giro financeiro estava em R$ 6,4 bilhões. Este é o terceiro dia seguido de valorização do Ibovespa. Na primeira etapa dos negócios brasileiros, o volume movimentado no pregão foi impulsionado pelo vencimento de opções sobre ações. Em Wall Street, no mesmo horário, enquanto o índice Dow Jones tinha valorização de 0,22%, o Nasdaq se apreciava em 0,76% e o S & P 500 apurava ganhos de 0,25%. No cenário local, além das "blue chips", contribuem em peso para a apreciação do Ibovespa os papéis PN da TAM, que ocupam a primeira posição entre os maiores giros do dia e apresentam a valorização mais expressiva do índice. A união das operações da TAM e da companhia aérea chilena LAN continua no foco do mercado. A criação da holding que vai unir as empresas prevê a realização de uma oferta pública de permuta de ações (OPA) da TAM por BDRs que representarão ações ordinárias da nova empresa, Latam. A holding que controlará as duas companhias aéreas terá sede no Chile e ações negociadas na bolsa chilena, American Depositary Receipts (ADRs) em Nova York (os papéis da LAN já são listados na Nyse) e também BDRs na BM & FBovespa. O registro de companhia aberta da TAM será cancelado após a oferta. Para cada ação ordinária ou preferencial da TAM, será emitido 0,9 BDR da Latam. A mesma relação valerá para os minoritários e para os controladores. Como as ações da LAN encerraram a sexta valendo o equivalente a R$ 48,33 na bolsa chilena, o valor de referência para a ação da TAM fica em R$ 43,50. Há pouco, os papéis preferenciais da TAM subiam 3,61%, para R$ 37,51, e movimentavam R$ 410,1 milhões. Em Nova York, os American Depositary Receipts (ADRs) da TAM disparavam 27,98% no mesmo horário, para US$ 21,36. Entre as "blue chips", os papéis PN da Petrobras, que divulgou o balanço trimestral na noite de sexta-feira, avançavam 0,14%, a R$ 27,70, com giro de R$ 194,7 milhões, enquanto as ações PNA da Vale subiam 1,56%, a R$ 43,56, com total movimentado de R$ 308,9 milhões. Além da TAM, figuravam entre as principais altas do Ibovespa as ações Braskem PNA (3,15%, a R$ 14,05), Cyrela Realty ON (2,96%, a R$ 22,60) e MMX ON (2,70%, a R$ 12,53). Na trajetória oposta, as maiores quedas do índice partiam de Cosan ON (-1,62%, a R$ 23,58), JBS (-4,76%, a R$ 8,00) e Gol PN (-6,07%, a R$ 24,42). Fora do Ibovespa, destaque para a apreciação de 4,44%, a R$ 24,45, dos papéis ON da Multiplus - braço da TAM na área de programas de fidelização. No mercado cambial, a moeda americana acentuou as perdas em relação à divisa brasileira, no mesmo movimento travado contra o euro e a libra. Há pouco, o dólar comercial recuava 0,90%, a R$ 1,756 na venda. (Beatriz Cutait | Valor)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG