Participação majoritária no Nedbank, quarto maior banco da África do Sul, será adquirida por US$ 8 bilhões

O HSBC encerrou negociações para comprar uma participação majoritária no banco sul-africano Nedbank por US$ 8 bilhões, deixando o caminho aberto para o rival Standard Chartered.

O HSBC vinha mantendo negociações exclusivas com a seguradora anglo-sul-africana Old Mutual sobre a compra de uma participação de até 70% do Nedbank, quarto maior banco da África do Sul. O período de exclusividade de oito semanas iria se encerrar na segunda-feira.

Ambas as instituições divulgaram comunicado sobre o fim das negociações, mas sem citarem motivos.

A aquisição teria dado ao HSBC, que tem presença limitada na África, um caminho para aproveitar o rápido crescimento do continente, onde outros grandes bancos estão de olho no crescente comércio com a Ásia. O HSBC vem afirmando que precisa de uma presença mais forte no continente rico em recursos naturais de modo a cumprir seu mote de "banco local do mundo".

O StanChart por sua vez pode ter outra chance de ficar com o Nedbank, afirmam analistas. A instituição vinha mantendo anteriormente discussões sobre a compra de participação no banco, afirmaram fontes.

O StanChart anunciou na quarta-feira uma emissão de 5,3 bilhão de dólares em títulos, mas informou que os recursos serão usados para crescimento orgânico e para cumprir regras mais duras de capital, não para aquisições.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.