Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Futuro do seguro popular pode estar no supermercado

Outro canal de vendas que deverá crescer é o agente de seguro

Aline Cury Zampieri e Olívia Alonso, iG São Paulo |

O futuro do seguro popular pode estar numa prateleira de supermercado. Bento Zanzini, vice-presidente da Mapfre, aposta na atuação de um agente de seguro, que venda as apólices dentro de sua comunidade. Ele também acredita que serão feitas vendas em prateleiras de supermercados e lojas de varejo, como acontece na África do Sul. “É uma prática perfeitamente possível de se realizar aqui”, diz. “É uma solução simples.”

Getty Images
África do Sul já tem seguro de prateleira
Luis Reis, diretor de produtos massificados para a América Latina da Zurich, concorda. “É fácil, basta termos uma tecnologia por código de barras”, diz. Neste caso há, no entanto, o problema da falta da cultura de compra de um produto financeiro como se fosse um bem de consumo.

Outro canal de vendas que deverá crescer é o agente de seguro. “Hoje um problema sério é a cobrança”, diz Zanzini. “Como são seguros que têm baixo preço, é difícil ter o custo de boleto comum. É preciso pensar nesse novo personagem, que é o corretor de seguros.”

Uma das opções apontadas por Wladimir Chinchio, sócio-diretor da empresa de tecnologia Vayon, é a habilitação de vendedoras da Avon, da Yakult e outras empresas de vendas porta-a-porta a vender seguros. Segundo ele, está em desenvolvimento uma tecnologia para que o agente realize a venda por celular. “Esse é o futuro do mercado de pequenos seguros e também de todo o mercado de serviços”, diz.

Chinchio diz que num futuro próximo o agente de seguros visitará os clientes em casa e, ali mesmo, venderá o seguro. “Para fechar o contrato, ele vai enviar o CPF e o código da apólice à seguradora via mensagem de celular”, diz. O próprio agente recolhe o pagamento das mãos do cliente, imprime o boleto e efetua o pagamento, de acordo com Chinchio.
 

 

 

Leia tudo sobre: seguro popularsupermercadocrédito

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG