Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Fundo Soberano do Brasil participará da oferta do BB

Fundo pretende subscrever 62,5 milhões de ações, 17,5% do total a ser ofertado pelo Banco do Brasil

Olívia Alonso, iG São Paulo |

O Fundo Fiscal de Investimento e Estabilização (FFIE), nome operacional do Fundo Soberano do Brasil (FSB), informou em comunicado que irá participar da oferta pública do Banco do Brasil (BB) com a subscrição de 62,5 milhões de ações.

O FFIE ressaltou que sua participação está condicionada à cessão de direito de preferência detido pela União em montante suficiente para permitir a aquisição das 62,5 milhões de novas ações, o que equivale a 17,5% do total das ações ofertadas, que são 356.849.660.

Na última semana, a Previ, fundo de pensão dos funcionários do BB, já havia informado que participará na oferta, com a subscrição de todas as ações a que tiver direito, de forma a manter sua participação no banco. No final do primeiro trimestre deste ano, a Previ possuía 10,4% do capital acionário do BB.

Por meio da oferta, o BB poderá captar R$ 7,3 bilhões, número que pode superar R$ 10,8 bilhões caso seja integralmente colocado o lote suplementar de 39,1 milhões de ações. A maior parte dos recursos captados (85%) será destinada para a ampliação da base de capital da instituição, “e, com isso, permitir o incremento da carteira de crédito”, diz o prospecto. Os 15% restantes serão utilizados para o reforço da base de capital do banco, “com o fim de suportar o crescimento inorgânico decorrente de eventuais aquisições de outras instituições no futuro”, segundo o documento.

A oferta do Banco do Brasil, que será primária e secundária, foi protocolada na Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) no início de maio e terá seu preço definido em 30 de junho. Os atuais acionistas terão preferência para as reservas, que devem ser feitas entre 21 e 23 de junho. Os pedidos do varejo devem ser realizados até 29 de junho. O início da negociação das ações da oferta na BM&FBovespa está previsto para 2 de julho.

Varejo pode participar com mínimo de R$ 200

Após a colocação das ações pelos acionistas, os investidores não-institucionais poderão participar de duas formas: diretamente, com um valor de investimento mínimo de R$ 1 mil e máximo de R$ 300 mil; e indiretamente, por meio dos Fundos FIA-BB, com investimentos entre R$ 200 e o valor máximo de R$ 300 mil.
 

Leia tudo sobre: OfertaBanco do BrasilFundo Soberano do BrasilBBações

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG