Tamanho do texto

Até dia 23, saíram do País US$ 2,304 bilhões em operações comerciais e financeiras

selo

O fluxo cambial da quarta semana de julho, entre os dias 19 e 23, apresentou saída líquida de US$ 273 milhões do País, informou nesta quarta-feira o Banco Central (BC). O resultado preliminar mostra uma melhora no último dia da semana passada (dia 23), quando o fluxo cambial diário ficou positivo em US$ 626 milhões. No acumulado de julho até a última sexta-feira, porém, o resultado continua negativo, com saída líquida de US$ 2,304 bilhões.

Segundo os dados divulgados pelo BC, a quarta semana do mês terminou com fluxo financeiro positivo em US$ 1,078 bilhão. Nessa conta, são registradas todas as operações para compra e venda de ações, títulos de renda fixa, investimento estrangeiro direto e remessa de lucros, entre outras. O destaque foi o movimento financeiro entre a quarta e a sexta-feira: houve ingresso líquido de US$ 343 milhões em 21 de julho, US$ 214 milhões no dia 22 e US$ 980 milhões no dia 23. Na semana, a entrada total na conta financeira somou US$ 7,599 bilhões, superando a saída de US$ 6,521 bilhões. Apesar do ingresso de dólares nos últimos dias, o fluxo financeiro segue negativo em US$ 751 milhões no acumulado de julho até o dia 23.

No segmento comercial, a semana terminou mais uma vez no vermelho, com saída líquida de US$ 1,351 bilhão. O resultado foi gerado por importações de US$ 4,298 bilhões e exportações de US$ 2,948 bilhões. No mês, a conta segue negativa em US$ 1,553 bilhão. No acumulado do ano até o dia 23 de julho, o fluxo cambial acumula entrada líquida de US$ 1,059 bilhão, com saldo positivo de US$ 1,399 bilhões no segmento financeiro e saída de US$ 340 milhões no comércio exterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.