Caso todos os acionistas preferenciais aceitem a proposta, o valor desembolsado pela Embratel será de cerca de R$ 4,57 bilhões

 A Embratel marcou para o dia 9 de setembro, às 15 horas, o leilão para compra das ações preferenciais da operadora de telecomunicações Net, segundo edital publicado na manhã desta segunda-feira.

A proposta é pagar, à vista, R$ 23 por ação preferencial, o que corresponde a um prêmio de 23% sobre a média de fechamento dos pregões dos últimos 30 dias.

Caso todos os acionistas preferenciais aceitem a proposta, o valor desembolsado pela Embratel será de cerca de R$ 4,57 bilhões. De acordo com o edital, por meio da oferta pública voluntária (OPA) a Embratel comprará mais de 199 milhões de ações, número que exclui as ações detidas pela Embratel Participações.

Segundo o edital, os acionistas que pretendem participar do leilão têm até às 18 horas do dia anterior para credenciar-se junto a uma corretora.

O leilão, que ocorrerá no sistema de negociação da BM & FBovespa, começará com um lance total ou parcial no mínimo 5% superior ao do preço de aquisição, e os lances subsequentes deverão ser, no mínimo, R$ 0,01 superiores ao maior lance anterior.

Na quinta-feira da semana passada, dia em que a oferta foi anunciada, as ações preferenciais da Net marcaram a maior alta do Ibovespa, com valorização de 13,21%, negociadas a R$ 22,63.

A operação faz parte da estratégia da Embratel de consolidar as operações de telecomunicações do grupo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.