Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Diretor pede a conselheiros da Previ que apoiem o BB

Robson Rocha exortou conselheiros a indicar Banco do Brasil para projetos de investimento

AE |

A nova estratégia de atuação do Banco do Brasil na Previ começou a ser revelada na abertura do Encontro de Conselheiros da Previ 2010, na Bahia. Em seu discurso, o vice-presidente de Gestão de Pessoal do BB, Robson Rocha, convocou os conselheiros do fundo de pensão a se tornarem agentes de fomento do banco nas empresas onde a Previ detém participação relevante.

 

"Senhores e senhoras conselheiros indiquem e incentivem o Banco do Brasil como instituição financeira para projetos de investimentos e planos de negócios nas empresas participadas. O banco está preparado para atendê-los", afirmou Rocha, sob o olhar atento de uma plateia de cerca de 200 pessoas.

 

O executivo, que também preside o conselho deliberativo da Previ, não enxerga nesse tipo de convocação um conflito de interesses. Entretanto, admite que atuar como agente de fomento do banco não é papel do conselheiro. "Não é o papel oficial dele, mas, ele pode sugerir. Como ele tem uma interlocução com o BB e com a empresa, ele pode sugerir ao gerente do banco visitar aquela empresa. Não veja isso como uma imposição."

 

O presidente da Previ, Ricardo Flores, evitou polemizar a declaração de Rocha. Mas deixou claro que a recomendação do fundo aos conselheiros é de que sigam as normas de melhores práticas de governança corporativa e tenham dever de lealdade à companhia. "A posição da Previ será aquela que agrega melhor valor para a empresa." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG