Tamanho do texto

SÃO PAULO - O segmento financeiro europeu está agitado. Nesta semana, há o vencimento de 442 bilhões de euros em empréstimos do Banco Central Europeu (BCE) a instituições financeiras.

SÃO PAULO - O segmento financeiro europeu está agitado. Nesta semana, há o vencimento de 442 bilhões de euros em empréstimos do Banco Central Europeu (BCE) a instituições financeiras. Existe o temor entre muitos investidores de que os bancos europeus enfrentem dificuldades em devolver os créditos concedidos pelo BCE e que isso possa gerar uma nova crise. Os participantes de mercado já têm de conviver com as dúvidas acerca dos problemas da dívida e déficit de países europeus, como Grécia e Portugal, por exemplo. Além disso, está mais próxima a divulgação dos testes de estresse a que foram submetidas as instituições financeiras da Europa. Ao mesmo tempo que a medida pode ser entendida como mais transparência, pode expor uma possível debilidade na saúde de muitos bancos. De qualquer forma, o medo foi a palavra de ordem nos mercados nesta terça-feira. Além das inquietações com o setor bancário, os agentes renovaram suas preocupações com o quadro econômico internacional. As bolsas da Europa fecharam com forte baixa, seguindo a Ásia. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.