Tamanho do texto

SÃO PAULO - As bolsas americanas abriram em queda acentuada nesta quarta-feira, com os investidores desanimados frente às previsões para a economia mundial. No início do pregão, o índice Dow Jones já recuava 1,89%, para 10.

443,35 pontos, enquanto o índice S & P 500 sofria 2,06% de desvalorização, aos 1.098,01 pontos. O índice Nasdaq caía ainda mais, 2,42%, aos 2.222,11 pontos. Após o Federal Reserve (Fed, o banco central do Estados Unidos) afirmar na tarde de ontem que a expectativa é de redução no ritmo de recuperação da economia, hoje foi a vez do banco central do Reino Unido revisar para baixo suas estimativas. O Banco da Inglaterra baixou de 3,4% para cerca de 3% sua previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2011. Além disso, nesta manhã, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos informou que o déficit comercial americano atingiu US$ 49,9 bilhões em junho, valor 19% superior ao resultado negativo de maio, de US$ 41,98 bilhões. Ainda alimentam o mau humor do mercado os números das economias chinesa e japonesa. A produção industrial da China desacelerou pelo quinto mês consecutivo, ao marcar 13,4% de crescimento anual em julho, após alta de 13,7% em junho. No Japão, o aumento das encomendas de máquinas pelo setor privado foi de 1,6% em junho. Em maio, o país havia registrado queda de 9,1% no indicador. (Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.