Por Edward Krudy

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos terminaram praticamente estáveis nesta quarta-feira, depois que um alerta da FedEx sobre seus lucros e fracos dados do mercado imobiliário do país ofuscaram o crescimento na produção industrial.

Por Edward Krudy

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos terminaram praticamente estáveis nesta quarta-feira, depois que um alerta da FedEx sobre seus lucros e fracos dados do mercado imobiliário do país ofuscaram o crescimento na produção industrial.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, teve oscilação positiva de 0,05 por cento, para 10.409 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq terminou estável, a 2.305 pontos. O Standard & Poor's 500 registrou leve baixa de 0,06 por cento, para 1.114 pontos.

Os investidores foram pegos de surpresa após a companhia de transporte expresso internacional FedEx, considerada termômetro do mercado porque atende a vários tipos de indústrias, dizer que o aumento nos custos pode reduzir seus lucros em 2011. As ações da empresa recuaram 6 por cento.

O governo norte-americano informou que o início de construção de moradias caiu mais que o esperado em maio, ressaltando a natureza irregular da recuperação econômica e pondo uma nuvem sobre dados acima das expectativas da produção industrial do país no mesmo mês.

"Essencialmente, o mercado se apegou aos ganhos de ontem (terça-feira), e você tem que classificar isso como animador", disse Michael Sheldon, estrategista-chefe de mercado da RDM Financial, em Westport, Connecticut.

A BP seguiu repercutindo nesta sessão. A petrolífera britânica acertou com o presidente Barack Obama a alocação de 20 bilhões de dólares em um fundo especial para pagar os pedidos de indenização decorrentes do vazamento de petróleo no Golfo do México.

As ações da BP negociadas em Nova York subiram 1,5 por cento.

Fortes vendas da Apple impediram a queda do Nasdaq. A companhia disse que vendeu 600 mil unidades do iPhone 4 em um único dia de pré-pedidos. O papel da Apple avançou 2,9 por cento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.