Tamanho do texto

Na comparação com junho, total de financiamentos habitacionais cresceu 3,9% e atingiu R$ 116,057 bilhões, segundo o Banco Central

selo

As operações de financiamento para habitação lideraram a expansão do crédito em julho, de acordo com dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC). Na comparação com junho, o total de financiamentos habitacionais cresceu 3,9% e atingiu R$ 116,057 bilhões. Nos 12 meses encerrados em julho, a carteira tem crescimento de 50,8%.

Outro segmento que apresentou expansão das operações em ritmo maior que a média em julho foi a indústria, cuja carteira cresceu 1,6% na comparação com junho, totalizando R$ 329,211 bilhões. A categoria das pessoas jurídicas registra alta de 11% no acumulado de 12 meses. Já os empréstimos para as pessoas físicas tiveram expansão 1,1% no mês, para R$ 502,241 bilhões, em ritmo inferior à média do crédito, que subiu 1,2% em julho. Em 12 meses, a carteira de crédito das famílias acumula alta de 16,3% e o total da indústria de crédito no Brasil teve expansão de 18,4%.

Entre os empréstimos destinados ao setor público, o volume aumentou 2%, na comparação mensal, liderados pelos financiamentos tomados por Estados e municípios, cujo montante cresceu 3,8% ante junho, para R$ 29,340 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, os empréstimos para o setor público cresceram 21,1%, sendo que Estados e municípios ampliaram as operações em 46,8%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.