Para Ilan Goldfajn, economista-chefe do Itaú-Unibanco, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central deve iniciar o movimento de alta de juros já na reunião deste mês, marcada para os dias 16 e 17. Ele acredita que o aumento será de 0,5 ponto percentual elevando a taxa Selic dos atuais 8,75% - patamar observado desde julho de 2009 ¿ para 9,25%.

Neste começo de ano, a inflação veio mais forte do que se imaginava. Para o primeiro trimestre, teremos inflação acima de 2%, disse Ilan, em teleconferência nesta terça-feira com jornalistas.

Para ele, o BC deve iniciar o movimento de alta dos juros já neste mês, fechando 2010 com a Selic em 11,5% ao ano, patamar que já seria atingido no início do segundo semestre. Quanto antes você subir os juros, mais rápido é o controle sobre a inflação, explicou. A taxa de 11,5% ajudaria a economia a bater essa inflação, completou o economista do Itaú-Unibanco.

Leia mais sobre juros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.