Tamanho do texto

A venda de consórcios para automóveis e comerciais leves cresceu 57,5% de janeiro e abril deste ano, na comparação com o mesmo período de 2009, alcançando o volume de R$ 6,3 bilhões. Nos quatro primeiros meses do ano passado, o total foi de R$ 4 bilhões.

A venda de consórcios para automóveis e comerciais leves cresceu 57,5% de janeiro e abril deste ano, na comparação com o mesmo período de 2009, alcançando o volume de R$ 6,3 bilhões. Nos quatro primeiros meses do ano passado, o total foi de R$ 4 bilhões. Assim, o setor automobilístico foi responsável pela alta de 38,5% nas vendas gerais de consórcios, segundo dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac). "O aumento confirma a maturidade do brasileiro na hora de adquirir um bem parceladamente", afirma o presidente da Abac, Paulo Roberto Rossi. Importados As filiadas da Abeiva, associação que reúne importadoras sem fábrica no Brasil, venderam 7.450 modelos no mês passado, o que representa crescimento de 171,7% ante maio de 2009. Nos primeiros cinco meses de 2010, a alta foi de 190,1% em relação a igual período do ano passado. As vendas totalizaram 34.159 unidades, ante 11.776 veículos em 2009. Segundo a Abeiva, os resultados indicam que em 2010 as vendas devem superar 80 mil unidades, ante 42 mil do ano passado. Entre as empresas associadas estão Kia, BMW, Jaguar/Land Rover, Audi e Chery.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.