Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Comitê independente da Tractebel terá até cinco membros

Comitê foi criado para negociar preço dos ativos na transação com a controladora, a GDF Suez

Valor Online |

A Tractebel Energia informou hoje que o comitê independente criado para negociar os termos de transações com sua controladora GDF Suez será formado por três a cinco membros. O comitê, em sua maioria, será composto por conselheiros independentes e complementado por diretores da geradora de energia elétrica.

O comunicado segue o novo modelo de governança corporativa que prevê a transferência de ativos da GDF Suez - como projetos hidrelétricos - para a Tractebel, após a mitigação da maior parte dos principais riscos relacionados. O comitê vai negociar, inclusive, o preço que será pago pelos ativos, com vista a garantir o valor considerado justo pela Tractebel. Sua instalação ocorrerá sempre que se der uma negociação envolvendo partes relacionadas à empresa.

Conforme a Tractebel, as deliberações do comitê serão tomadas mediante o voto favorável da maioria absoluta de seus membros, sendo encaminhadas, posteriormente, à apreciação do conselho de administração. O parecer do grupo também será apresentado aos acionistas nos casos de negócios que dependerem do aval em assembleia geral.

Leia tudo sobre: energiaTractebelGDF Suezmercado de capitais

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG