SÃO PAULO - Os principais indicadores de Wall Street fecharam em alta nesta segunda-feira. A afirmação de que a recessão no país está oficialmente terminada estimulou as negociações.

O índice Dow Jones fechou com valorização de 1,37%, aos 10.754 pontos. O Nasdaq, por sua vez, ganhou 1,74%, aos 2.356 pontos. O S&P-500 terminou a sessão com avanço de 1,52%, aos 1.143 pontos. Hoje, em um painel privado, o National Bureau of Economic Research, economistas afirmaram que a recessão americana terminou em junho de 2009. Tendo início em dezembro 2007, a crise, de acordo com a análise, durou 18 meses e foi mais longa desde a Segunda Guerra Mundial. Depois disso, o presidente dos EUA, Barack Obama, disse que a crise, no entanto, ainda é real para as pessoas que estão sem trabalho. Os investidores conheceram ainda a confiança do setor de construção nos Estados Unidos, que não apresentou mudança de agosto para setembro. O indicador que mede esse sentimento ficou em 13, conforme a Associação Nacional de Construtores de Casas (NAHB, na sigla em inglês). Os agentes aguardam também o anúncio do Federal Reserve, o banco central dos EUA, sobre a taxa básica de juro do país, a ser divulgada amanhã. A autoridade monetária deve decidir pela manutenção e as perspectivas sobre a economia americana estarão no foco. No âmbito corporativo, as ações da IBM ganharam destaque, com alta de 15%, depois que a companhia anunciou que planeja adquirir a companhia de armazenagem de dados Netezza, por US$ 1,7 bilhão. (Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.