Tamanho do texto

A Caixa Econômica Federal prevê que a capitalização do banco, anunciada pelo governo, dá um potencial para que a carteira de crédito da instituição dobre e alcance R$ 300 bilhões nos próximos anos

selo

A Caixa Econômica Federal prevê que a capitalização do banco, anunciada pelo governo, dá um potencial para que a carteira de crédito da instituição dobre e alcance R$ 300 bilhões nos próximos anos. Em comunicado divulgado hoje, o banco informa que o aumento do capital de R$ 2,5 bilhões autorizado em decreto publicado no Diário Oficial da União permitirá a expansão da capacidade de crescimento dos negócios em aproximadamente R$ 50 bilhões.

A medida, segundo o comunicado, reflete a continuidade do processo de fortalecimento da estrutura de capital da empresa. Em 2007 e 2009, o banco já havia recebido aumento de capital. Em 2007, a capitalização foi de R$ 5,2 bilhões e, no ano passado, de R$ 6 bilhões.

A Caixa informou que usará os recursos para financiar projetos de saneamento e infraestrutura urbana previstos na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e voltados principalmente para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. "A operação de capitalização do banco faz parte de estratégia do governo, que aproveita o atual momento de crescimento da economia brasileira para atender à demanda por financiamento para consumo e aquisição da casa própria", diz o comunicado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.