Segundo o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, recursos virão das reservas internacionais brasileiras

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que o Brasil vai colaborar com o pacote de auxílio financeiro à Grécia, que foi formulado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e a União Europeia (UE). Segundo o ministro, o Brasil liberará US$ 286 milhões e os recursos sairão das reservas internacionais do País. "Nós vamos pegar (os recursos) das reservas, mas é uma conversão em direito especial de saque que vai para a reserva. A reserva não muda em função disso. É uma troca de aplicação, pois o direito especial de saque rende também juros."

Mantega afirmou que o crescimento do Brasil neste ano não será afetado pela crise em alguns países europeus. "O Brasil é uma economia sólida, possui mais de US$ 245 bilhões de reservas e não será afetado pela crise na Europa", comentou.

De acordo com o ministro, o nervosismo no mercado financeiro com a Grécia deve se dissipar em algumas semanas, com a implementação do pacote de 110 bilhões de euros, que cobrirá as necessidades do país para honrar compromissos com credores nos próximos três anos. Mantega participou hoje de um almoço com um grupo de empresários em São Paulo, promovido pelo Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.