Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Bovespa inicia semana em baixa de 0,45%

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda de 0,45% nesta segunda-feira, acompanhando os mercados internacionais. O Ibovespa encerrou o pregão cotado em 69.025 pontos. O volume financeiro foi de R$ 10,6 bilhões, incrementado pelo vencimento dos contratos de opções sobre ações, que movimentou hoje, no segmento Bovespa, R$ 5,03 bilhões.

iG São Paulo |

Desse resultado, R$ 4,03 bilhões foram opções de compra e R$ 1 bilhão opções de venda. A opção que registrou o maior volume financeiro no exercício foi Vale PNA a R$ 46,00 por papel, com R$ 646,7 milhões em contratos de compra.

A opção é um contrato que confere ao portador o direito de compra ou venda de um ativo a um preço predeterminado. O vencimento de opções é a data de validade desses contratos. A partir do dia seguinte, o detentor da opção não pode mais exercê-la. Por isso, no dia de vencimento das opções e nos dias imediatamente anteriores, o movimento da Bolsa pode sofrer distorções, com os investidores atuando de forma tal que os preços das ações se aproximem daqueles valores que mais os favorecem quando a opção for exercida.

Estados Unidos

As bolsas de valores dos EUA iniciaram a sessão em território negativo, em clima de cautela com relação à recuperação econômica dos países mais ricos do mundo. Os investidores analisam observação da agência de classificação de risco Moody´s, que alertou para os crescentes riscos nos países com nota AAA, que incluem a Alemanha, a França, o Reino Unido e os EUA. A análise gerou temores de que os EUA possam se rebaixados na classificação.

Os agentes receberam nesta jornada dados sobre a produção industrial dos Estados Unidos, que subiu 0,1% em fevereiro, depois de um crescimento de 0,9% em janeiro.

Influenciava ainda as negociações o pronunciamento do premiê da China, Wen Jiabao, que disse que o yuan não está subvalorizado e que outros países não deveriam pressionar Pequim a mudar sua política cambial.

O índice Dow Jones operava em alta de 0,16% às 17 horas, após passar o dia em queda. O Nasdaq, por sua vez, perdia 0,23%.

Europa

As bolsas europeias fecharam em baixa nesta segunda-feira, com os investidores atentos a uma possível solução para a Grécia e também preocupados com o alerta dado pela Moodys.

O governo grego aumentou hoje o Imposto sobre Valor Agregado (IVA) de 19% para 21% como parte de um pacote de austeridade fiscal de 16 bilhões de euros (US$ 22 bilhões) que visa reduzir o déficit orçamentário em quase um terço este ano. A Grécia irá apresentar os primeiros resultados de suas medidas de austeridade em um encontro de ministros da União Europeia que acontece hoje e terça-feira.

Ásia

A  maioria dos mercados da Ásia também iniciou a semana no campo negativo. Nesta segunda-feira, assim como ocorreu no pregão da sexta-feira, as contínuas expectativas sobre a adoção de novas medidas de aperto monetário por parte da China - medidas esperadas para o fim de semana, mas que não se concretizaram - nortearam os investidores.

Dólar

O dólar encerrou os negócios desta segunda-feira em leve alta, interrompendo uma série de quatro pregões seguidos de queda frente ao real. A moeda norte-americana terminou o dia cotada a R$ 1,764 para venda, em alta de 0,06%.

(*Com informações da Agência Estado e do Valor Online)

Leia mais sobre: mercados

 

Leia tudo sobre: açõesbolsabolsa de valoresbovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG