Dólar cai mais de 1% nesta sexta, para R$ 1,77, e perde 2,5% nas cinco últimas sessões

A Bovespa fechou a sexta-feira em leve queda de 0,16%, depois de oscilar durante toda a sessão. A baixa do dia não foi suficente para impedir uma alta semanal do Ibovespa, índice de referência da Bolsa, que no acumulado desde segunda feira registra ganho de 1,3%. No fechamento desta sexta, o índice estava nos 64.437 pontos e o giro financeiro da sessão foi de R$ 6,581 bilhões, perto da média deste ano. 

Na agenda desta sexta não haviam grandes destaques. No Brasil, a taxa de inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou alta de 1,06%, na segunda prévia de junho, segundo dados divulgados nesta sexta pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O avanço foi inferior às projeções do Banco Fator, de 1,27%.

Na opinião dos economistas da Gradual Investimentos, o movimento continua como esperado. "A inflação deve se acomodar fortemente nas próximas semanas", eles preveem. A projeção deles para o IPCA-15, que será divulgado semana que vem, é de desaceleração de 0,68% em maio para 0,25% em junho. "Todas essas notícias em conjunto conspiram para uma desaceleração nas expectativas de inflação, o que deve retirar pressão sobre o Copom [Comitê de Política Monetária do Banco Central] e, conseqüentemente, uma taxa de juros menos puxada", acrescentam.

Na Europa, os investidores aguardavam a reunião do Fundo Monetário Internacional (FMI) com a Espanha e também a conferência dos líderes da União Europeia. Os economistas do Banco Fator comentam que os rumores de que a Espanha pudesse pedir uma linha de crédito de 250 bilhões de euros foram descartados por autoridades do país ao longo desta semana.

Por lá, os principais mercados europeus não tiveram um rumo comum nesta sexta. Enquanto Frankfurt e Londres fecharam em queda, Milão e Paris terminaram o dia com ganhos.

Na àsia, os principais mercados também fecharam a semana sem tendência definida . Nesta sexta-feira, fatores locais pesaram negativamente sobre China e Taiwan. Hong Kong e Coreia do Sul se beneficiaram do bom desempenho das ações no setor financeiro.

Já nos Estados Unidos, por volta de 17h30 tanto Nasdaq como S&P 500 e Dow Jones apresentavam ganhos leves, em torno de 0,1%.

Dólar

No mercado de câmbio, assim como o acionário, o dólar comercial fechou em baixa de 1,05%, a R$ 1,769 na venda.

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.