SÃO PAULO - As bolsas europeias voltaram a cair nesta quarta-feira, influenciadas pelo dado fraco de vendas de imóveis residenciais novos nos Estados Unidos. Em Londres, o FTSE 100 recuou 1,31%, para 5.179 pontos; em Paris, o CAC-40 perdeu 1,71%, para 3.

642 pontos; e em Frankfurt, o DAX fechou aos 6.205 pontos, com queda de 1,03%. O dado de vendas de casas novas nos EUA não agradou os investidores. O número registrou queda recorde de 32,7% entre abril e maio, para uma taxa anualizada de 300 mil unidades. Ontem, outro dado americano, o de venda de casas usadas, também mostrou baixa, de 2,2% em relação a abril, para uma taxa anualizada ajustada de 5,66 milhões de imóveis. Os números contrariaram as previsões de grande parte dos analistas, que esperava aumento nas vendas. Os números acabaram afetando empresas ligadas ao setor na Europa, como a Holcim, que perdeu 2,2%. O setor financeiro voltou a figurar entre as baixas. BNP Paribas, cujo rating foi rebaixado esta semana pela Fitch, perdeu 2,2%. Entre as seguradoras, AXA caiu 2,3%. O mercado agora acompanha com expectativa a divulgação da reunião do Fomc, que deve manter a taxa básica de juros nos EUA entre zero e 0,25%. (Téo Takar | Valor com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.