SÃO PAULO - As bolsas europeias quebraram a sequência de baixas nesta terça-feira, com os investidores corrigindo parte das perdas acumuladas. Bancos e ações ligadas a commodities lideraram os ganhos do dia.

Em Londres, o FTSE 100 ganhou 2,93%, para 4.965 pontos; em Paris, o CAC-40 subiu 2,73%, para 3.423 pontos; e em Frankfurt, o DAX fechou em alta de 2,15%, aos 5.941 pontos. Com a volta dos mercados americanos do feriado prolongado do dia da Independência, as bolsas europeias iniciaram a terça-feira em forte correção para cima, com os investidores atrás de pechinchas, após cinco pregões em baixa. O bom desempenho da oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Agricultural Bank of China impulsionou os mercados asiáticos e deu fôlego para as demais bolsas mundiais. A expectativa é de que o IPO da instituição estatal seja o maior já registrado em todo o mundo, podendo superar US$ 20 bilhões. A lista de maiores altas do dia foi liderada por empresas de commodities, como Xstrata (5,9%), BHP Billiton (5,5%) e Rio Tinto (5,9%), e também pelos bancos, como Santander (6,1%) e BBVA (3,1%). Entre as notícias corporativas do dia, a finlandesa Nokia anunciou que venderá sua divisão de modems para acesso a redes sem fio por US$ 200 milhões à empresa de semicondutores Renesas Electronics Corporation. Os papéis da Nokia subiram 1,7%. (Téo Takar | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.