A presença de investidores em busca de ofertas de ocasião bancou a recuperação dos principais mercados asiáticos nesta terça-feira

O fechamento positivo de Wall Street ajudou a atenuar os temores dos mercados da Ásia sobre a situação da Europa. Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong, alavancada pelas compras nas peso pesado HSBC e China Mobile. O índice Hang Seng subiu 229,74 pontos, ou 1,2%, e terminou aos 19.944,94 pontos.

O mesmo ocorreu com as Bolsas da China, que na véspera tiveram o pior fechamento em mais de um ano. O índice Xangai Composto recuperou 1,4% e encerrou aos 2.594,78 pontos. O índice Shenzhen Composto avançou 1,6% e terminou aos 993,64 pontos.

O yuan apresentou ligeira valorização sobre o dólar, por conta da recuperação do euro em relação à moeda norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8274 yuans, de 6,8277 yuans do fechamento de segunda-feira.

Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, teve ligeira perda. O índice Taiwan Weighted baixou 0,2% e fechou aos 7.585,30 pontos, com fraco volume de negociações.

Na Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, os investidores estrangeiros continuaram a vender ações em meio à continuação das incertezas sobre os problemas da dívida pública na zona do euro e as possíveis medidas de aperto monetário na China. O índice Kospi perdeu 0,5% e fechou aos 1.643,24 pontos.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney terminou praticamente estável, com avanço de apenas 0,08%, fechando aos 4.470,75 pontos.

Nas Filipinas, o índice PSE da Bolsa de Manila recuou 0,7% e encerrou aos 3.265,07 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve ligeira alta em linha com as modestas recuperações nos outros mercados asiático e seguindo a alta em Wall Street uma vez que os investidores deram um respiro das fortes vendas das últimas sessões. O índice Straits Times subiu 0,4% e fechou aos 2.844,35 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, avançou 0,5% e fechou aos 2.834,18 pontos, seguindo muitos dos mercados asiáticos depois de recentes quedas. As compras hoje, no entanto, foram limitadas por conta de preocupações com a crise de débitos na Europa.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,9% e fechou aos 760,11 pontos, uma vez que o mercado recebem bem as notícias de que os manifestantes contra o governo aceitaram a oferta de alguns senadores de mediar as conversações de paz; no entanto, alguma preocupação permanece uma vez que o governo até agora está em silêncio, embora o primeiro-ministro deva responder hoje mais tarde.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, teve baixa de 0,3% e fechou aos 1.330,17 pontos, por conta de preocupações sobre a dívida da zona do euro que desencorajaram o sentimento local pela terceira sessão seguida, com maiores baixas entre as ações mais ativas. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.