Após fortes perdas na semana passada, a presença dos caçadores de ofertas fez com que as bolsas da região se recuperassem

Os mercados asiáticos apresentaram bons números nesta terça-feira. A Bolsa de Hong Kong fechou em alta, estimulada pela presença de investidores em busca de ofertas de ocasião em ações de imobiliárias chinesas e companhias de metais. O índice Hang Seng subiu 241,92 pontos, ou 1,2%, e terminou aos 20.084,12 pontos.

Já as bolsas da China foram influenciadas pela recuperação nos setores imobiliário e bancário. Os ganhos, contudo, foram limitados pelas preocupações sobre a redução do crescimento econômico chinês. O índice Xangai Composto ganhou 1,9% e encerrou aos 2.409,42 pontos. O Shenzhen Composto avançou 2,6% e terminou aos 945,68 pontos.

O yuan teve baixa ante o dólar, por causa de uma surpreendente alta da paridade central dólar-yuan e demanda pela moeda americana por parte de bancos grandes. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,7801 yuans, de 6,7758 yuans do fechamento de ontem. O Banco do Povo da China elevou a taxa de paridade pela segunda sessão consecutiva em 6,7790 yuans, de 6,7720 sexta-feira.

Com compras de investidores de varejo, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, teve nova alta acentuada. O índice Taiwan Weighted subiu 1,5% e fechou aos 7.548,48 pontos.

Os caçadores de ofertas também foram importantes na Coreia do Sul, onde a Bolsa de Seul fechou em alta pela segunda sessão seguida. O índice Kospi ganhou 0,6% fechando em 1.684,94 pontos.

No mercado australiano, o S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney se recuperou fortemente de dois pregões de queda. O índice subiu 1,3% e fechou aos 4.276,1 pontos.

O índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em alta de 0,7%, terminando aos 3.335,71 pontos.

Caçadores de pechinchas levaram as ações da Bolsa de Cingapura a fechar em alta, em linha com as demais bolsas da Ásia, mas analistas e investidores alertaram para as incertezas globais que continuarão a pressionar o sentimento do investidor. O índice Straits Times avançou 0,8% e fechou aos 2.868,02 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 1,2% e fechou aos 2.910,65 pontos, com os investidores adquirindo ações que tiveram baixas recentes, enquanto a recuperação dos mercados regionais elevou o sentimento, disseram traders.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 1,4% e fechou aos 815,52, maior nível de 2010, impulsionado por ações de bancos devido ao otimismo quanto aos lucros no segundo trimestre, enquanto as ações de imobiliárias também foram ajudadas pelas perspectivas positivas.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, ganhou 0,6% e fechou aos 1.294,37 pontos, seguindo os ganhos nos demais mercados regionais, com procuras por pechinchas, mas preocupações com a economia global permanecem, disseram dealers. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.