Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia fecham em alta nesta quarta-feira

Mercado da região foi influenciadas pelas expectativa sobre o PIB da China no primeiro trimestre

AE |

A maioria dos mercados da Ásia apresentou bons números nesta quarta-feira. As bolsas da região foram influenciadas pelas expectativas sobre o PIB da China no primeiro trimestre e a alta em Wall Street. Não houve negociações na Tailândia por ser feriado.

A Bolsa de Hong Kong fechou estável, com os investidores à espera da divulgação, amanhã, dos números sobre a economia chinesa. O índice Hang Seng subiu apenas 17,90 pontos, ou 0,1%, e terminou aos 22.121,43 pontos.

Na China, as Bolsas tiveram leve alta, lideradas pelas ações de companhias de metais não ferrosos. Os investidores, contudo, também estiveram cautelosos, aguardando os dados sobre a economia local. O índice Xangai Composto subiu 0,2% e encerrou aos 3.166,18 pontos, o maior fechamento desde 19 de janeiro. O índice Shenzhen Composto ganhou 0,7% e terminou aos 1.247,30 pontos.

O yuan sofreu ligeira desvalorização em relação ao dólar, após uma alta acima das expectativas na taxa de paridade central dólar-yuan ter reduzido a demanda pela moeda chinesa. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8257 yuans, de 6,8256 yuans do fechamento de terça-feira.<p><p>Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, foi alavancada pelo plano do governo de reduzir impostos cobrados das empresas. O índice Taiwan Weighted subiu 0,8% e fechou aos 8.097,13 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou em alta em função dos fortes ganhos da Intel e também porque o Serviço de Investidores Moody's, um dos mais respeitados na classificação de crédito do mundo, elevou a classificação das obrigações do governo para o nível A1. O índice Kospi subiu 1,5% e fechou aos 1.735,33 pontos, o mais alto desde 19 de junho de 2008.

Na Austrália, na Bolsa de Sydney, o índice S&P/ASX200 fechou em alta de 0,9%, alcançando 4.994,7 pontos, o melhor índice em 19 meses.

Na Bolsa de Manila, nas Filipinas, o índice PSE fechou estável a 3.299,69 pontos, apesar das realizações de lucros nas principais blue chips.

A Bolsa de Cingapura terminou perto da maior alta em dois anos, impulsionados pelos dados econômicos do primeiro trimestre melhor do que o esperado. O índice Straits Times rompeu o nível psicológico de resistência de 3.000 pontos, subindo 1,6% e fechando aos 3.019,74 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve alta de 0,01% e fechou aos 2.885,01 pontos, com ganhos em ações seletivas dos setores de mineração e agrícola mantendo o índice no território positivo.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,1% e fechou aos 1.335,89 pontos, com ganhos em papéis de tecnologia devido às melhores perspectivas para o setor após a Intel ter divulgado resultados satisfatórios. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: bolsas asiáticasmercadoações

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG