Mercado segue na expectativa de que o governo americano anuncie medidas para estimular os negócios nos EUA

Os mercados acionários da Ásia registraram mais um pregão sem tendência definida, com os investidores aguardando o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke. Diante dos sinais de desaquecimento econômico, o mercado segue na expectativa de que o governo americano anuncie medidas para estimular os negócios no país.

Ainda nesta manhã, deve ser divulgado o número revisado do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre dos Estados Unidos. Há o receio de que o crescimento da maior economia do mundo tenha ficado abaixo dos 2,4% entre abril e junho.

No Japão, as operações ainda foram influenciadas pela expectativa de que o governo japonês adote medidas para conter o avanço do iene frente ao dólar. O índice Nikkei 225, da bolsa de Tóquio, fechou em alta de 0,95%, aos 8.991,06 pontos.

Resultados positivos também foram registrados na China, na Austrália e em Taiwan. O índice Shanghai Composite, da bolsa de Xangai, avançou 0,28%, para 2.610,74, enquanto em Sydney, o S & P/ASX 200 teve valorização de 0,32%, aos 4.370,10 pontos. Já na bolsa de Taipé, o Taiwan Taiex ganhou 0,43%, chegando aos 7.722,91 pontos. Na mão contrária, o índice Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, fechou em queda de 0,07%, aos 20.597,35 pontos. Em Seul, o índice Kospi ficou praticamente estável, recuando 0,01%, para 1.729,56 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.