Em Hong Kong, mercado atinge melhor resultado em mais de oito meses

selo

Os mercados da Ásia iniciaram a semana em elevação. Nesta segunda-feira, as bolsas da região foram estimuladas, principalmente, pelo bom desempenho de Wall Street na sexta-feira.

A Bolsa de Hong Kong teve alta pela sexta sessão seguida, para o melhor resultado em mais de oito meses, alavancada ainda pelos ganhos no setor imobiliário. O índice Hang Seng subiu 221,41 pontos, ou 1%, e terminou aos 22.340,84 pontos, o maior fechamento desde 11 de janeiro.

Já as Bolsas da China tiveram forte alta, após o feriado nacional de três dias na semana passada. Os investidores foram estimulados pelo rali das commodities na London Metal Exchange. O índice Xangai Composto subiu 1,4% e terminou aos 2.627,97 pontos. O índice Shenzhen Composto avançou 2,3% e encerrou aos 1.170,54 pontos.

O yuan teve a décima sessão seguida de valorização histórica em relação ao dólar, apesar de o Banco Central chinês elevar a taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,6997 yuans para 6,7098 yuans). No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,6923 yuans, de 6,7079 yuans do fechamento de terça-feira passada.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé fechou em alta, na trilha dos bons resultados da região. O índice Taiwan Weighted avançou 0,3%, encerrando em 8.191,54 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, encerrou em alta, na maior pontuação em quase dois anos e meio. As compras por parte de investidores estrangeiros continuaram fortes, graças ao sentimento positivo com os fundamentos econômicos do país. O índice Kospi subiu 0,8% e fechou aos 1.860,83 pontos.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney teve alta de 1,6%, e fechou aos 4.675,4 pontos, impulsionado pelo sentimento positivo em relação à recuperação econômica nos EUA.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou com o índice PSE em alta de 1,1%, e o nível recorde de 4.122,83 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou na maior alta em 27 meses, apoiada pelos ganhos nos mercados asiáticos, uma vez que os investidores estiveram mais otimistas quanto ao fortalecimento da economia mundial. O índice Straits Times subiu 0,7% e fechou aos 3.113,46 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve alta de 2,1% e fechou aos 3.468,03 pontos, motivado por compras de blue chips por investidores estrangeiros em meio a expectativas de grandes ganhos corporativos em nove meses.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, avançou 1,1% e fechou aos 962,47 pontos, maior nível desde novembro de 1996, uma vez que o fluxo de capital continuou, enquanto os ganhos nos mercados regionais impulsionaram o sentimento.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,9% e fechou aos 1.474,71 pontos, recuperando-se após três dias de perdas, ajudado pelos ganhos nos EUA e nos mercados regionais. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.