Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Bolsa de Tóquio sobe 2,3% após intervenção no câmbio

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, com o índice Nikkei 225 apresentando seu maior ganho em mais de cinco semanas, puxado pelas ações de grandes empresas exportadoras, como Toyota e Sony, depois que as autoridades japonesas intervieram no mercado de câmbio pela primeira vez em mais de seis anos e meio para estancar a valorização do iene

AE |

selo

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, com o índice Nikkei 225 apresentando seu maior ganho em mais de cinco semanas, puxado pelas ações de grandes empresas exportadoras, como Toyota e Sony, depois que as autoridades japonesas intervieram no mercado de câmbio pela primeira vez em mais de seis anos e meio para estancar a valorização do iene. O índice subiu 217,25 pontos, ou 2,3%, e fechou aos 9.516,56 pontos, fechando no maior nível desde 10 de agosto.

A Bolsa abriu no território negativo, liderada pelos declínios nas ações ligadas ao setor de chips, mas o humor do mercado mudou dramaticamente depois que se espalhou a notícia de que o governo havia lançado uma onda de venda de ienes. A movimentação foi confirmada mais tarde pelo ministro das Finanças, Yoshihiko Noda. "Como havia a impressão de que (o primeiro-ministro Naoto) Kan estava atrasado para tomar medidas em relação à valorização do iene, o 'timing' desta intervenção levará a uma significativa melhora no sentimento do investidor", disse Fumiyuki Takahashi, estrategista do Barclays Capital.

Embora os investidores tenham saudado a resposta rápida de Kan ao iene forte depois de sua vitória na eleição de terça-feira para a liderança do Partido Democrático do Japão (PDJ), os analistas alertaram que os ganhos da Bolsa podem ter vida curta se o governo não tomar outras medidas para combater a deflação.

As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: ECONOMICO-ECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG