Tamanho do texto

O índice Nikkei 225 caiu 37,21 pontos, ou 0,4%, e fechou aos 9.548,11 pontos

A Bolsa de Tóquio fechou em queda, já que a derrota da coalizão governista na eleição deste domingo para a Câmara Baixa do parlamento japonês provocou incerteza entre os investidores. O resultado do pleito anulou o efeito encorajador propiciado pelos dados de exportação da China, divulgados no sábado, e pela modesta valorização do iene. O índice Nikkei 225 caiu 37,21 pontos, ou 0,4%, e fechou aos 9.548,11 pontos.

"Os investidores querem se desfazer de suas posições por enquanto, pois todas as políticas anteriores do PDJ (Partido Democrático do Japão) sobre a reestruturação fiscal e a estratégia de crescimento terão de ser reformuladas a partir do zero", disse Masatoshi Sato, estrategista da Mizuho Investors Securities.

Ele lembrou que provavelmente terá de ser formada uma nova coalizão de governo, mas disse que a venda de ações relacionada às eleições terá vida curta, uma vez que as atenções se voltam para a temporada de balanços dos EUA e para os dados econômicos chineses que saem nesta semana.

O mercado japonês reduziu suas perdas na metade do dia e virou para cima à tarde, ajudado pela alta do dólar para mais de 89 ienes. A inesperada ampliação do superávit comercial chinês em junho - divulgada no final de semana -, bem como a alta das demais bolsas asiáticas, também forneceram apoio ao pregão de Tóquio. Mas a realização de lucros acabou prevalecendo no final da sessão. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.