Iene valorizado derruba a confiança em ações sensíveis ao câmbio, como Fanuc e Kyocera

selo

A Bolsa de Tóquio fechou em queda, ante as preocupações com a valorização do iene, juntamente com a antecipação dos dados sobre o nível de emprego nos EUA, a serem divulgados nesta sexta-feira, e a reunião do G-7 no fim de semana. Um balanço desfavorável da varejista Seven & i Holdings prejudicou as ações da companhia. O índice Nikkei 225 perdeu 95,93 pontos, ou 1%, e fechou aos 9.588,88 pontos.

O mercado declinou desde a abertura, com o iene ainda mais forte derrubando a confiança em ações sensíveis ao câmbio, como Fanuc e Kyocera, que fecharam com baixas de 1,8% e 1,5%, respectivamente. A Fanuc também sofreu com a diminuição da recomendação atribuída pelo banco Macquarie, de "Outperform" para Neutra.

No encerramento do pregão, por volta das 3h (de Brasília), o dólar era negociado a 82,37 ienes. As atenções agora se voltam para os dados do mercado de trabalho não agrícola nos EUA em setembro, que devem sair ainda hoje, bem como para a reunião do fim de semana do G-7, o grupo das nações mais industrializadas do mundo.

"Se for incluída alguma referência às ações de correção do câmbio no comunicado do G-7, será difícil para o Japão intervir (no mercado de moedas)", disse Hideyuki Ishiguro, estrategista da Okasan Securities. Ele acrescentou, porém, que o risco de baixa para as ações está diminuindo, com o dinheiro especulativo fluindo para os mercados em meio aos movimentos para alívio quantitativo no Japão e nos EUA. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.