Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Bolsa de Tóquio cai 3,8%, maior baixa de 2010

As ações das empresas exportadoras foram golpeadas ao longo de todo o pregão

AE |

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio sofreu nesta segunda-feira sua maior queda de 2010, com o abalo provocado pelos temores de novos problemas em relação à dívida europeia e o afundamento do valor do euro para mínimas de vários anos diante do iene. O índice perdeu 380,39 pontos, ou 3,8%, e fechou aos 9.520,80 pontos.

As ações das empresas exportadoras foram golpeadas ao longo de todo o pregão, na medida em que o euro caía para uma mínima de oito anos e meio, aos 108,06 ienes. Muitas empresas que fazem negócios no exterior fizeram suas projeções de lucros do ano fiscal corrente com base numa cotação de 120 ienes para a moeda europeia. "O mercado começou a considerar a possibilidade de que as empresas tenham de reduzir suas previsões", disse Tsuyoshi Segawa, estrategista da Mizuho Securities.

De acordo com Segawa, a ampliação da crise europeia pode puxar o Nikkei para seu próximo nível de sustentação, aos 9.300 pontos. O medo de um agravamento da crise surgiu depois das declarações dadas no final da semana passada por um representante do novo governo húngaro, segundo o qual o país enfrenta uma crise fiscal no estilo da enfrentada pela Grécia. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: bolsa de Tóquiomercadosações

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG