Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Bolsa cai e retoma nível de 1 mês atrás

Alta de juros, patamar elevado e EUA pesam no mercado de ações. Dólar cai a R$ 1,746

Aline Cury Zampieri, iG São Paulo |

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda de 0,92% nesta segunda-feira. O Ibovespa - principal indicador da Bolsa – aprofundou as perdas ao longo da tarde, após uma abertura em alta. Três fatores contribuem para a perda: a virada do Nasdaq, o próprio nível da Bovespa e as apostas de alta da taxa de juros brasileira. O índice fechou em 68.871 pontos, na primeira vez abaixo dos 69 mil pontos em um mês. Em 26 de março, o Ibovespa fechou valendo 68.682 pontos.

Getty Images
Bovespa cai e retoma nível de março
O Nasdaq, um dos principais indicadores de ações dos Estados Unidos, virou e passou a cair. Às 17h11, recuava 0,28%. O Dow Jones, que subia, diminuía o ganho no mesmo horário para 0,01%. Outro fator que chama vendas é o próprio patamar do índice, segundo operadores. O Ibovespa sobe apenas 1,34% em 2010, mas a alta em 12 meses indica recuperação maior, de 51,76%.

O terceiro ponto é o consenso que vem se formando sobre o aumento da taxa básica de juros, a Selic, na reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom, que termina nessa quarta-feira.

A perspectiva afetou também o mercado de juros futuros, que começaram a semana com forte ajuste de alta na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F). Com isso, a curva já carrega probabilidade de quase 100% de uma alta de 0,75 ponto percentual no encontro desta quarta-feira do Copom.

Recentes declarações do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e fatores técnicos como zeragem de posições ajudam a explicar tal movimentação no mercado, que girou mais de 1,7 milhão de contratos hoje.

Voltando às bolsas, os mercados asiáticos recuperaram parte das perdas da semana passada e fecharam no positivo nesta segunda-feira. A alta em Wall Street e a presença de investidores em busca de ofertas de ocasião influenciaram as bolsas da região, com exceção da China, que novamente sucumbiu por conta das preocupações com o setor imobiliário. Nos EUA, Dow Jones subia 0,39% e Nasdaq tinha alta de 0,10%.

As Bolsas da China, por outro lado, caíram ao menor nível em dez semanas, afetadas pelas preocupações de que o governo poderá impor novas medidas para conter a especulação imobiliária, incluindo o aumento de impostos. O índice Xangai Composto baixou 0,5% e encerrou aos 2.969,50 pontos. O índice Shenzhen Composto perdeu 0,6% e terminou aos 1.197,71 pontos.

Dólar

No mercado cambial, o dólar caiu nesta segunda-feira. A moeda norte-americana fechou cotada a R$ 1,746 para venda, em baixa de 0,91% frente ao real.
 

Na sexta-feira, o dólar fechou a R$ 1,762, em queda de 0,17%.


(com Valor Online)

Leia tudo sobre: Bovespaaçõesdólar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG