Tamanho do texto

BRASÍLIA - O Banco Central (BC) comprou US$ 815 milhões em moeda estrangeira no mercado interno de câmbio à vista em setembro até o dia 10. Os dados contrariam a expectativa do mercado, que esperava um volume de intervenções mais elevado, já que o BC tem feito dois leilões diários desde semana passada, sem impedir a queda contínua da cotação do dólar em relação ao real.

BRASÍLIA - O Banco Central (BC) comprou US$ 815 milhões em moeda estrangeira no mercado interno de câmbio à vista em setembro até o dia 10. Os dados contrariam a expectativa do mercado, que esperava um volume de intervenções mais elevado, já que o BC tem feito dois leilões diários desde semana passada, sem impedir a queda contínua da cotação do dólar em relação ao real.No mesmo intervalo, os bancos registraram sobra de dólares no mercado de câmbio no valor de US$ 2,1 bilhões.A variação das reservas internacionais do país no conceito de liquidez internacional foi superior às intervenções da autoridade monetária, no valor de US$ 1,025 bilhão, também nos primeiros sete dias úteis de setembro.Com isso, as reservas subiram no período para US$ 262,344 bilhões, ante a posição de US$ 261,320 bilhões em agosto. As informações foram divulgadas pelo BC.(Azelma Rodrigues | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.