Londres, 29 jul (EFE).- O barril do petróleo Brent para entrega em setembro subiu 2,01% hoje na Intercontinental Exchange Futures (ICE), em Londres, e fechou cotado a US$ 77,59, impulsionado pela desvalorização do dólar e pela queda do desemprego na Alemanha.

Londres, 29 jul (EFE).- O barril do petróleo Brent para entrega em setembro subiu 2,01% hoje na Intercontinental Exchange Futures (ICE), em Londres, e fechou cotado a US$ 77,59, impulsionado pela desvalorização do dólar e pela queda do desemprego na Alemanha. O preço do barril do Brent, de referência na Europa, fechou US$ 1,53 mais caro que no final do pregão anterior, quando encerrou valendo US$ 76,06. O preço máximo negociado hoje foi de US$ 78,16 por barril e o mínimo de US$ 75,6. A queda do desemprego na Alemanha estimulou a confiança na recuperação da economia europeia, o que levou o euro a subir ao nível mais alto das últimas 12 semanas frente ao dólar. Assim, pela divisa europeia se pagava US$ 1,3086, frente a US$ 1,2986 do dia anterior. O enfraquecimento da moeda americana fez com que os investidores buscassem valores menos seguros, mas mais apetecíveis, como o petróleo, o que impulsionou a cotação do Brent. Além disso, os dados de desemprego correspondentes à semana passada, quando caíram os pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, alimentaram a confiança dos investidores na recuperação da demanda de petróleo do maior consumidor de energia do mundo. EFE cda/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.