Liderança do ranking é do Banco do Brasil, seguido por Itaú Unibanco e Bradesco

Um estudo da Economática divulgado hoje revelou que os bancos brasileiros são os mais rentáveis entre as 20 maiores instituições financeiras da América Latina e dos Estados Unidos, tendo por base o indicador Rentabilidade sobre o Patrimônio (ROE) referente a 2009. A liderança do ranking é ocupada pelo Banco do Brasil, com ROE de 34,74%. Em seguida, aparecem Itaú Unibanco, com 24,19%, e Bradesco, com 23,82%.

A pesquisa também mostrou que somente 20 bancos na AL e nos EUA possuíam ativos superiores a US$ 100 bilhões ao final de 2009, sendo que o primeiro lugar é ocupado pelo Bank of América, com US$ 2,223 trilhões.

O banco latino-americano melhor posicionado é o Banco do Brasil, na sétima posição, com US$ 407 bilhões. O Itaú Unibanco aparece no oitavo lugar, com US$ 349 bilhões, seguido por Bradesco (US$ 291 bilhões) e Santander (US$ 197 bilhões).

Houve uma alteração no posicionamento dos bancos do Brasil, na análise referente aos ativos, já que, em 2008, o Banco do Brasil estava na 11ª colocação, com US$ 223 bilhões. Por sua vez, o Bradesco aparecia no 12º lugar, com US$ 194 bilhões, e o Santander ocupava a 18 ª posição, com US$ 145 bilhões.

Por fim, o ranking de lucratividade é liderado pelo Goldman Sachs, que no ano passado lucrou US$ 13,38 bilhões. O latino melhor posicionado é o Banco do Brasil, que ocupa a quinta colocação, com US$ 5,82 bilhões, seguido pelo Itaú Unibanco (US$ 5,78 bilhões). Já o Bradesco ficou com a sétima colocação, com US$ 4,6 bilhões, e o Santander na 12 ª colocação, com US$ 1,03 bilhão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.