Aumento do crédito e queda da inadimplência impulsionaram resultado do banco

O Banco do Brasil  teve lucro líquido de R$ 5,1 bilhões no primeiro semestre de 2010, alta de 26,5% em relação ao mesmo período de 2009, de acordo com o balanço divulgado nesta segunda-feira.

Segundo o banco,  o aumento do crédito e a queda da inadimplência foram os principais fatores que proporcionaram o resutlado positivo no semestre.

O resultado líquido do banco no segundo trimestre foi de R$ 2,7 bilhões, alta 15,9% sobre o primeiro trimestre, cujo resultado foi de R$ 2,35 bilhões. Em relação ao segundo trimestre de 2009, o crescimento foi de 16,1%.

O lucro do Banco do Brasil, maior instituição financeira do país, foi o segundo maior reportado pelos bancos no semestre, atrás apenas do Itaú Unibanco, cujo lucro líquido registrado foi de R$ 6,4 bilhões.

Os ativos totais do banco alcançaram R$ 755,7 bilhões ao fim de junho, com crescimento de 26,2% em relação a junho de 2009 e de 4,3% sobre o fim do trimestre anterior, consolidando-se como o maior banco da América Latina em ativos totais.

(Com agências)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.