Ações da estatal caem 1,40% nesta quarta; no ano, a perda é de 28%. Já o Ibovespa ganha 0,89% no dia e tem alta de 0,04% em 2010

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta nesta quarta-feira, apesar da nova queda das ações da Petrobras e em dia de poucos indicadores econômicos. Faltando um dia para a definição do preço das ações da estatal na capitalização, os papéis da petrolífera são pressionados por investidores que vendem suas posições na Bolsa para adquirir as ações a um preço mais baixo na oferta.

O Ibovespa, principal índice da Bovespa, fechou com ganho de 0,89%, aos 68.325 pontos. As ações preferenciais da Petrobras, no entanto, registravam queda de 1,40% no final do pregão, cotadas a R$ 25,98, enquanto as ordinárias perdiam 0,84%, a R$ 29,55.

No ano, os papéis preferenciais da estatal – que são mais negociados – registram baixa de 27,6%, enquanto o Ibovespa registra ligeira alta de 0,04%.

Nesta quinta-feira será definido o preço dos papéis da estatal na capitalização. Enquanto não sai a definição, investidores que acreditam que a oferta será um bom negócio vendem ações que possuem em suas carteiras para comprar os papéis durante a capitalização. Além disso, o preço do petróleo teve queda, o que acaba afetando ações de empresas petrolíferas.

Apesar de representarem cerca de 16% do volume total do índice, os papéis da Petrobras não foram suficientes para derrubar a Bolsa, já que ações de outras empresas de peso impulsionaram o mercado brasileiro. Entre elas, está a Vale, que também movimentou aproximadamente 16% dos negócios na sessão. Os papéis preferenciais da mineradora subiam 1,57% no final do pregão, enquanto os ordinários ganhavam 1,80%.

Outro papel com alta na sessão foi o da BM&FBovespa. Segundo analistas, a empresa é favorecida pela capitalização da Petrobras. “Novos investidores entrarão na Bolsa brasileira, que passará a ter um volume maior de negócios”, comenta André Perfeito, economista da Gradual Investimentos. Se tiver mais ações em negociação, a BM&FBovespa ganha mais com seus serviços e corretagem.

Destaque ainda para os papéis de MRV Engenharia, com ganho de 4,98%, e PDG Realty, com alta de 3,90%. “Essas altas estão ligadas à boa perspectiva para o consumo no País e aumento de crédito para o setor”, comenta Kelly Trentin, analista chefe da corretora Spinelli.

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.