Das 112 ofertas públicas iniciais de ações (IPO, em inglês) realizadas no Brasil desde 2004, quando a Natura abriu a fila das captações, só 20 (18%) superam o IBovespa, índice da Bolsa de Valores de São Paulo, segundo informações do jornal Valor Econômico desta segunda-feira.

A amostra, elaborada pelo Valor Data, inclui os bilionários lançamentos do Santander (R$ 13,2 bilhões) e da Visanet (R$ 8,4 bilhões), além das mais modestas Cetip e Tivit, todas em 2009.

Na safra atual, nenhuma novata bate o IBovespa. Abaixo da lista de casos bem-sucedidos, 40 têm desempenho entre 50% e 90% pior do que o índice, de acordo com o jornal.

Leia também:

Leia mais sobre: ações

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.