SÃO PAULO - As novas adesões ao sistema de consórcio mostraram crescimento de 7,8% nos oito primeiros meses deste ano, quando as vendas de novas cotas pelas administradoras do setor atingiram 1,39 milhão

. No mesmo período de 2009, a comercialização de participações em consórcios em diversas áreas havia registrado 1,29 milhão de novas cotas, informou a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac). O destaque continua sendo o consórcio para compra de carros de passeio e utilitários, cuja adesão cresceu 24,5% de janeiro a agosto, período em que 357,7 mil novas cotas foram vendidas. Os números da Abac mostram que o total de participantes nesses consórcios já supera 1 milhão de pessoas, com crescimento de 13,1% em um ano. No caso dos consórcios para aquisição de motos, as adesões cresceram em 3,2%, para 792 mil novas cotas, enquanto nos consórcios de veículos pesados (como caminhões e ônibus), houve estabilidade, permanecendo em 27 mil adesões nos oito primeiros meses do ano. O balanço ainda aponta crescimento de 6,9% nas vendas de novas cotas de consórcios no setor imobiliário, que somou mais 144,5 mil adesões. No total, 563,8 mil pessoas no país estão comprando imóveis por meio dessa via. Para a entidade, o aumento da renda entre as classes sociais que estão na base da pirâmide e a ascensão da classe C explicam o resultado das administradoras. Os consórcios relacionados a áreas de serviços, que começaram a operar em abril de 2009, somam agora 5,2 mil participantes, com 3,68 mil adesões neste ano. Na contramão dos números positivos mostrados pelo setor, as vendas de participações em consórcios para compra de eletroeletrônicos caíram 4,8%, marcando 63,5 mil novas adesões até agosto. (Eduardo Laguna | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.